Páginas

O Jovem Lennon

terça-feira, 17 de setembro de 2013
Muito se sabe sobre a carreira e a vida adulta de John Lennon, mas pouco se sabe sobre a fase em que os sonhos e ideias tomaram forma e determinaram a vida e a carreira do mais autêntico representante dos Beatles: sua adolescência.

A infância em Liverpool, os dramas e conflitos familiares, a descoberta da música e a decisão de formar uma banda estão presentes no romance de Jordi Sierra i Fabra, uma reconstrução sensível e tocante da juventude de uma personalidade que deixou sua marca na história da música e na vida de muitas pessoas, com suas ideias de paz e igualdade entre os homens.

A adolescência foi, sem dúvidas, a fase mais importante na vida de Lennon, a fase que formou uma das personalidades que marcou sua época e está presente na vida de muitas pessoas até os dias de hoje.
Logo ao folhear o livro na biblioteca me encantei perdidamente pelas imagens dele, graças a elas eu tive mais certeza que necessitava levar o livro pra casa, se fosse apenas pra escolher o livro pela capa e não pela história que é contada, eu não o escolheria porque essa capa tá muito, muito tosca, na minha opinião. 

O livro é dividido em quatro partes que são as quatro fazes mais importantes que contribuíram para a formação da personalidade do músico, as fases são: Liverpool (o entorno), Quarrymen (a música), Júlia (o drama pessoal) e Beatles (o sonho que se tornou realidade).
Antes de falar do livro e minhas impressões sobre o que li, quero deixar claro que não sou do tipo fã de Beatles, eu não ouço muitas músicas da banda, eu não sei a história da banda, o primeiro livro que li sobre algo relacionado à banda foi O Jovem  Lennon e, mesmo não sendo uma super fã, escolhi o livro pela admiração que sinto pelo John, sempre adorei esse tipo "paz e amor" dele e pela mesma admiração que sinto pela banda, com suas músicas inspiradoras que sempre me deixam mais animada.

Tenho um receio em ler biografias, por que a maioria delas só contam os acontecimentos de uma forma "seca", simplesmente o que aconteceu e nada mais e, mesmo que seja esse a intenção dos livros biográficos, a leitura se torna chata, eu já tentei ler várias biografias mas cansei delas por serem apenas informações vagas e sem nenhum sentimento da parte do autor, sou acostumada com um pouco de romance e sinto falta dele em biografias. O Jovem Lennon não me decepcionou como outros livros do gênero biográfico, o autor reconstruiu os fatos que realmente aconteceram mas deu um toque de sensibilidade, que emociona ainda mais o leitor.
O livro relata os acontecimentos da adolescência de Lennon, dos 14 aos 18 anos, acontecimentos que influenciaram para a formação de seu ser, sua carreira e sua morte.

Antes de ler o livro, não imaginava que o John jovem fosse tão diferente do John adulto, ele não era um garoto mau, mas também não era todo "paz e amor" como quando se tornou um adulto. Percebi alguns pontos bem interessantes da sua personalidade, pelo menos enquanto jovem. John era super "estouradinho" que não aceita as coisas se não forem da sua forma, era mais ou menos: "Não aceitou as novas músicas da banda? Então tá expulso dela!".

Logo no começo o livro me emocionou, o fato de John ficar todos os dias no porto sonhando que algum dia o pai ancorasse e passasse a viver ao seu lado, o sentimento de culpa por ter feito uma escolha aos cinco anos de idade que o separou da mãe e os problemas com um professor louco por Shakespeare, e mesmo assim conseguir sonhar com algo melhor é maravilhoso, correr atrás de seus sonhos mesmo que o mundo não conspire a seu favor é algo tão corajoso, tão merecido de respeito.

É tão encorajador ler sobre alguém que tinha todos os motivos para desistir mas continuou lutando por um sonho, mesmo que este parecesse impossível. Chega a ser inspirador ler um livro como esse e saber que isso é real, que o garoto sonhador de Liverpool se tornou um grande ícone da história da música, uma história como essa inspira os outros a sonhar e correr atrás desses sonhos.

Quando terminei de ler o livro, estava no sala de espera da dentista, esperando minha mãe ser atendida e me bateu uma vontade enorme de chorar, mas a sala estava lotada de gente e eu comecei a entrar em pânico porque eu choraria na frente de todo mundo e pensariam que eu era louca. Felizmente, eu segurei meu choro, mas se não estivesse em público eu teria chorado pois antes mesmo de conhecer mais sobre o John eu já me sentia mal por sua morte, ela já era um fato triste pra mim e quando eu descobri mais sobre ele, sua personalidade e seus feitos o fato de uma morte tão fria se tornou terrível.

O Jovem Lennon é uma reconstrução sensível e emocionante da adolescência de uma das pessoas mais marcantes da história da música. Através do livro eu pude conhecer mais sobre Lennon, uma pessoa maravilhosa e admirável, que com suas ideias e com sua música conseguiu deixar sua marca no mundo e inspirou milhares de pessoas.

Não direi que John Lennon se tornou meu ídolo depois desse livro, mas digo com toda a certeza que ele se tornou minha inspiração, um exemplo de coragem e determinação e que, mesmo não sabendo disso, me influenciou a perseguir meus sonhos e jamais desistir.

A adolescência, as descobertas, as dores e o amor pela música de um grande homem estão nesse livro que me emocionou e que me fez querer saber mais sobre alguém tão influente como John. Recomendo o livro para os fãs dos Beatles, do John, da música e da literatura, O Jovem Lennon é para qualquer pessoa que esteja disposta a ler uma ótima história, na minha opinião, todos deveriam lê-lo, pra se encantarem como eu me encantei.


Autor: Jordi Sierra i Fabra
Número de Páginas: 174
Editora: Nova Alexandria

2 comentários:

  1. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    http://www.pinterest.com/manyelly/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado do blog, seja muito bem vinda.
      Adorei o seu também. *-*

      Beijo. ♥

      Excluir

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo